Mais Cinco
Atum com avocado é destaque no cardápio do Kozu | Foto: Luísa Gomes/Mais Cinco

Restaurante Kozu inova na comida japonesa em Goiânia

O Kozu chegou gerando burburinho na cidade: sem o já cômodo esquema de rodízio, com culinária diferenciada e, sim, preços altos, muito se falou sobre o novo restaurante de comida japonesa em Goiânia. O falatório tem justa causa, como pude comprovar na minha ida ao local na última terça-feira (22).

A visita teve motivo especial: além de uma comemoração importante, seria servido lámen, prato típico da culinária japonesa com caldo bem temperado e quentinho, macarrão, lombinho de porco, dentre outros ingredientes. Ou seja, perfeito para curtir a frente fria que a Pecuária trouxe para Goiânia.

Porém, ao observar o cardápio, não resistimos a degustar outros itens. O primeiro foi um combinado de sashimis (25 peças por R$ 99), servido em pedra de sal rosa. Além da apresentação inusitada, chamaram atenção as combinações dos peixes variados com azeite de trufas brancas, limão siciliano e ovas de massago.

Mas o verdadeiro destaque foi para algo que é essencial e vem sendo, infelizmente, cada vez menos comum nos restaurantes japoneses da cidade: a qualidade dos peixes. A textura do atum, por exemplo, era perfeita. O peixe fresco e na temperatura ideal fez valer a noite.

Em seguida, a razão recomendava ir direto ao lámen, mas uma nova leitura do cardápio (e as recomendações do garçom Adilson), nos levaram a mais um desvio de rota. Pedimos o hot sashimi de atum e avocado (5 peças por R$29) e o sashimi de barriga de salmão com azeite de trufas brancas e raspas de limão siciliano (5 peças por R$26).

Na experiência como um todo, destacou o fato do restaurante utilizar temperos diferentes para a culinária japonesa, mas sem pesar a mão. As trufas, por exemplo, não estavam ali apenas por estarem na moda. Elas harmonizaram perfeitamente nos pratos.

Encerramos com o lamen e com uma sobremesa cortesia da casa, uma torta alemã (R$25), que já na primeira garfada alcançou o meu seleto top 5 de melhores sobremesas em Goiânia.

Atendimento no Kozu: irretocável

Sem dúvidas o atendimento fez toda a diferença na experiência no Kozu. Acredito que atendimento bom é aquele que você faz questão de guardar o nome do garçom e foi exatamente isso o que aconteceu. Adilson nos orientou desde o início da refeição, com sugestões certeiras, atendimento cordial e prestativo, mas sem exageros. Irretocável define.

Para não dizer que foi tudo perfeito, dois detalhes poderiam ser melhorados. O primeiro é o lámen, prato que era o motivo primordial pelo qual fomos ao restaurante na data. O caldo estava bem temperado, mas os demais ingredientes podem ser melhores. É um bom prato, mas não à altura dos demais itens do cardápio. Com adequações, merece entrar no menu fixo do Kozu.

O segundo ponto que não posso deixar de mencionar é o preço. Compreendo que a logística para se oferecer comida japonesa de qualidade em pleno Cerrado é complicada e cara. A qualidade das louças do restaurante também demonstra cuidado que, sabemos, tem preço diferenciado.

Mas é impossível negar que a conta seja realmente salgada, impossibilitando (pelo menos para a maioria de nós) visitas mais frequentes ao local. Uma pena, pois saí do Kozu já querendo voltar.

*Este é um artigo de opinião. As opiniões aqui expressas são as da autora e não refletem o posicionamento do veículo Mais Cinco. A refeição não foi uma cortesia do estabelecimento.

Veja também:

Luísa Gomes

Luísa Gomes

Editora do Mais Cinco | Jornalista especializada em comunicação empresarial e conteúdo para web | Apaixonada por viagens, cachorros e chocolate

Add comment

Most popular

Most discussed