Mais Cinco

Tô Bar: casal de arquitetos transforma sobrado histórico no Centro

O casal de arquitetos, Luísa Antunes e Fernando Chapadeiro, transformou um sobrado, localizado na Rua 20 do Centro de Goiânia, em um bar. Inspirados pela música de Tom Zé, do álbum “Estudando o Samba” de 1976, e querendo homenagear o compositor, que completou 85 anos este ano, eles escolheram o nome: Tô Bar

Ao Mais Cinco, Fernando conta que eles reformavam o lugar há um ano quando veio a pandemia e tiveram que reduzir a mão de obra, devido a carência de profissionais da construção civil. “No final, nos últimos meses, eu, a Luíza e o Lenildo, o ajudante, que fizemos tudo: pintamos a parede e até fizemos o balcão do bar”, relata.

Casal de arquitetos, Luísa Antunes e Fernando Chapadeiro, transformou sobrado em bar. | Foto: Anderson Ferreira.

Ele explica que o sobrado tem mais de 50 anos e que é do início da construção de Goiânia, trazendo toda uma história para o bar. O casal, que mora no fundo do estabelecimento, já comprou a casa pensando em empreender. “Desde o início pensamos em abrir algo, era um sonho, mais dela do que meu, ter um bar”, revela Fernando.

Além do casal, o chef Vinícius Marques, que está à frente do cardápio, também é arquiteto. Junto aos proprietários, ele planejou quais estilos de chopp e cervejas iam ser servidos com as comidas. “Tudo foi escolhido com muito cuidado e carinho para que os pratos harmonizassem com as bebidas”, afirma Fernando.

O sócio conta, ainda, que o Tô possui oito pratos e que o croquete de cupim é o carro-chefe da casa, sendo o mais pedido. “Um que é bem diferente e atende o público vegetariano, é a nossa lasanha de berinjela, que é maravilhosa”, ressalta Fernando ao falar dos pratos.

Outro destaque, que ele conta ter sido um pedido especial ao chef, é o crocante de polvilho com salada de jiló para acompanhar a cerveja, uma tradição goiana. “As lascas crocantes de polvilho são cobertas com queijo meia cura e vem acompanhado de uma farofinha de bacon e uma salada refrescante com lâminas de jiló, lembrando um vinagrete”, descreve ele.

Chef Vinícius Marques está à frente do cardápio. | Foto: Divulgação / Tô Bar.

Ao ser questionado se o diferencial do Tô seria o ambiente, devido ao planejamento arquitetônico, Fernando aposta na experiência como um todo. “O Tô é um ambiente super agradável, aconchegante com comidinhas muito saborosas e chopp gelado da Lola. Tudo harmonizando: o espaço e a música boa”, conclui ele. 

Leia também:

Cervejaria goiana Lola abrirá brewpub na capital;

Cervejaria Colombina abre gastropub em Goiânia;

Inspirado em Londres, sports pub Portão 62 abre em Goiânia.

Alessandra Lobato

Alessandra Lobato

Estagiária do Mais Cinco | Estudante de Jornalismo na UFG | Amante de cafeterias que não bebe café, apaixonada por museus, viagens e culturas e mãe de pet

Add comment

Most popular

Most discussed